Alquimia NeuroVENDAS
Qualificando para o $UCE$$O
Morreu?

Vendedor EXTERNO: atividade profissional em extinção?!

Num dos meus posts (Por quê implantar um TeleVENDAS?!) afirmei que a atividade profissional de Vendedor EXTERNO (ou, Preposto) aquele que pega sua “pasta” e sai pelo mercado procurando potenciais Clientes (antigo Porta-a-Porta)... é uma atividade em RÁPIDA extinção. Mooorrrrrrreeeeeuuuuu.

Recebi um monte de e-mails (alguns agressivos e raivosos) discordando de mim e me questionando. Respondi a todos.

Continuo convicto disso e explico PORQUE.

Há mais de 30 anos trabalho com Formação de Campeões de Vendas. Já formei mais de 25 mil. De TODOS os segmentos.
E, para formar Campeões de Vendas, muitas vezes precisei Recrutar e Selecionar Potenciais Vendedores, para Capacitá-los e Transformá-los em Campeões de Vendas.

Tarefa árdua (recrutar e selecionar pessoas para trabalharem com vendas) uma vez que a "profissão" é considerada pelo mercado como menos nobre (sub-emprego), sem atrativos (???) e muito difícil de ter $UCE$$O com ela (???) etc... etc...
Além disso, o processo de seleção é MUITO mais específico (e diferenciado) do que o processo de seleção para qualquer outro cargo.
Os testes aplicados pelo pessoal de RH NÃO servem, não funcionam, para selecionar Vendedores ou Atendentes.
Experiência própria.

Todos os dias, recebo 2 ou 3 telefonemas de Empresários e/ou Gerentes pedindo, pelo amor de Deus, que eu apresente Vendedores para eles (contratação imediata, vários Benefícios, preços competitivos(??), produtos que vendem "por si só" etc).

Muitos desses Empresários são Representantes Comerciais que precisam, desesperadamente, contratar Vendedores Prepostos, por exigência de suas Representadas.

E, a minha resposta é sempre a mesma: “Não tenho ninguém para apresentá-lo. Lamento!!”

O mercado está extremamente carente de BONS Vendedores.

O BOM Vendedor já está “empregado” e ganhando MUITO BEM e dificilmente deixará o certo pelo duvidoso... E, não acredito que o empresário tenha cacife para tirar o Vendedor da empresa atual.

O EXCELENTE Vendedor cansou de enriquecer o patrão, montou seu próprio negócio (normalmente Representação Comercial) e agora é Patrão.

Então, o que sobra por aí, são os vendedores “medíocres”, tão ruins que nem emprego para eles conseguem... Ficam vagando de empresa em empresa, entregando currículo, fazendo promessas para Santa Edwiges, Santo Expedito, São Jorge, São José, Padim Ciço etc... etc... na busca de um “milagre”: um ótimo emprego, com alto salário, muitos benefícios e sem precisar trabalhar (vender) fora da Empresa.
Quando são convocados para uma entrevista (ou palestra de venda) mostram total despreparo profissional e pessoal. Uma lástima!!
A maioria só está preocupada com 4 "coisas": se a empresa assina a carteira profissional, se paga salário-fixo, se paga ajuda de custo e o horário de trabalho. Nenhuma menção sobre a Reciprocidade. Que Reciprocidade?!
A contratação fica impossível quando a empresa informa que o candidato precisa ter "disponibilidade para viagens" e/ou inglês fluente.

Isso sem falar na arrogância de alguns que dizem "se a empresa quiser me contratar, tem que ser do jeito que eu sou. Eu não mudo nem um milímetro o meu jeito de ser e de trabalhar".
Eu já ouvi isto de 8 ex-candidatos.

Desculpem-me os leitores se eu fui “radical” demais. Mas, posso lhe garantir que é a realidade pura. Em qualquer lugar do Brasil.
Se não acreditam, perguntem a qualquer Gerente de Vendas. Ou, se Você é um Gerente de Vendas (não de RH) tente fazer uma contratação de Vendedores para a sua Equipe.

Antigamente, quando a pessoa “não servia pra nada!!” na vida, quando não sabia fazer coisa alguma, ela estudava para um concurso público. Hoje, sem talento, sem motivação e pior, sem Compromisso, ele(a) aceita ser “vendedor(a) em QUALQUER Empresa/Loja... só para ganhar um “dinheirinho” para pagar seus estudos e buscar "coisa melhor"(???) na vida. E a Reciprocidade?! A Honestidade?!

E, quem sai perdendo nesta história toda?!

Os Empresários e os Gerentes que são extremamente “dependentes” dessas pessoas.
Vendedores/Atendentes: ou eles nos enriquecem, ou nos empobrece (a maioria). Não tem meio termo.

Por isso, a implantação de um básico TeleVENDAS tornou-se IMPRESCINDÍVEL em qualquer “negócio”.
Hoje, não ter um básico sistema de TeleVENDAS é praticamente um suicídio comercial.
Muito mais fácil (e Eficaz) contratar e preparar TeleVENDEDORES...

Por isso, MUITOS Gerentes de Vendas estão se especializando (Competitividade) e aprendendo maneiras eficazes de alavancar as vendas (e a lucratividade) de seus negócios, SEM precisar (depender) de vendedores EXTERNOS.

Ou, investindo em treinamentos "específicos" e EFICAZES para capacitar melhor e alavancar a produtividade da Equipe Atual.
Leia o meu post "
Seus vendedores estão jogando o jogo, ou boicotando o SEU sistema?" em http://www.prfsacramento.com/sabotadres.html

Por isso, o Inside Sales e o Marketing Digital explodiu no Brasil e está enriquecendo MUITOS Empresários e Gerentes.
Como REDUZIR drasticamente seus Custos/Prejuizos Comerciais com o Inside Sales? > Veja o fantástico artigo do Ricardo Alexandrino em

Mudança: o MELHOR antídoto para baixos resultados.

O AlquimistaMaisVENDASArquitetoSUCESSOCoachSUCESSODesemprego NUNCA MAISDesempregadoEmpregabilidadeNegócio FECHADOMais ClientesWorkshopPREÇONeuroVENDASCopyWRITER 300%Vender MAIS na criseTá muito caro!!Proposta IRRECUSÁVELPreço Competitivo?Descontinho?EBook PREÇOSaindo Idade MédiaTeleVENDAS 300%Miopia em MarketingMAU Atendimento6o PrincípioSucessoWEBReceita INFALÍVELMorreu?Dás e ReceberásVaca pro Brejo